Se você vai viajar com seu carro para países do Mercosul, você vai precisar da Carta Verde

PS Seguros

PS Seguros

Redação PS Seguros

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Se você vai viajar com seu carro para países do Mercosul, você vai precisar da Carta Verde

O Carta Verde é um seguro obrigatório para veículos de passeio ou aluguel, registrados no Brasil, que estejam em viagem internacional pelo Mercosul (Argentina, Paraguai e Uruguai).

Esse seguro garante cobertura de Responsabilidade Civil Facultativa, que cobre o pagamento de suas despesas caso você tenha sido responsável por algum acidente que resulte em danos materiais ou corporais a terceiros. O seu funcionamento é semelhante ao do DPVAT — que existe apenas no Brasil — e tem por objetivo indenizar danos causados a terceiros.

Você ainda tem a possibilidade de escolher os limites de contratação e o período, variando entre 3 e 30 dias.

Se você pretende realizar uma viagem pela América do Sul e não quer ser pego de surpresa por falta de orientação, acompanhe essa matéria para conferir todos os detalhes.

Como funciona o seguro Carta Verde e qual é a sua cobertura?

O seguro Carta Verde foi instituído em 1995 e é obrigatório para os veículos de passeio que não estão registrados no país que você está querendo entrar, em viagem internacional.

O objetivo é garantir a segurança dos pedestres e dos outros motoristas locais, e oferecer essa cobertura de indenizações pelos danos causados em caso de algum sinistro acontecer.

Isso quer dizer que se você sofrer um acidente de carro envolvendo outras pessoas pelas ruas de Buenos Aires na Argentina, o prejuízo causado a outra pessoa estará coberto pois você fez o seguro Carta Verde antes de entrar no país.

Se você sofrer algum sinistro no exterior, o seguro Carta Verde irá cobrir os prejuízos dos terceiros
Se você sofrer algum sinistro no exterior, o seguro Carta Verde irá cobrir os prejuízos dos terceiros

Esse seguro cobre danos materiais e corporais, ocasionados pelo veículo segurado, contra terceiros. Dessa maneira você têm a disposição, as seguintes coberturas, com o limite de 20 mil dólares por terceiro, em os casos de danos materiais, e 40 mil dólares por pessoa, para danos corporais:

  • danos corporais causados a terceiros em um acidente veicular (como morte, despesas hospitalares, invalidez, entre outros);
  • custos com honorários advocatícios;
  • danos materiais (danos totais ou parciais) causados a terceiros em um acidente.

É muito importante deixar claro que essa cobertura é apenas para os terceiros. No caso você e seu veículo não tem abrangência no contrato. Trata-se de um seguro com cobertura civil e não substitui seu próprio seguro. Então se baterem em você e não tiver seguro do carro, tem que resolver na conversa.

O seguro Carta Verde não substitui o seguro-viagem! Todos os danos corporais seus e da sua família só estarão protegidos com o seguro-viagem.

O seguro carta verde não substitui o seguro viagem
O seguro carta verde não substitui o seguro viagem

O seguro é obrigatório tanto para veículo próprio e também para carros de aluguel, e é obrigatório ao entrar na Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela.

Quando o seguro não fará a cobertura?

Existem sim alguns casos em que a seguradora pode se negar a pagar os valores em caso de sinistro, e são quando:

  • O proprietário dirigir loucamente bêbado ou drogado;
  • Quando o veículo for conduzido por alguém não habilitado;
  • Quando tiver danos causados pelo motorista segurado a alguém da família;
  • Se o veículo estiver envolvido em apostas de velocidades ou competições, rachas, entre outros.

Limites mínimos obrigatórios da carta verde

As indenizações são feitas em dólares americanos

  • US$ 40 mil por pessoa com danos pessoas causadas a terceiros (despesas hospitalares, morte, invalidez);
  • US$ 20 mil por danos materiais causados a terceiros;
  • Até 50% do valor com gastos honorários de advogados, defesa do segurado e custas judiciais

Em caso de acidente, ligue diretamente para o seu corretor para saber o procedimento para abertura do sinistro. Tudo será acertado no país que você está e na moeda local. É muito parecido com o do Brasil, então sempre que for viajar pegue todos os dados da empresa que está liberando a Carta Verde para que você entre em contato rápido.

Nunca assine nada o que não entender e não tente subornar a polícia ou a pessoa que bateu. Sempre dá confusão.

O que é necessário em caso de carro alugado?

Se o carro não estiver em seu nome e mesmo assim você tem a necessidade de cruzar a fronteira com estes países, é necessário um documento assinado em cartório e enviado ao Consulado para ser autorizado/carimbado.

Se estiver com carro alugado e for cruzar a fronteira, também será necessário fazer o seguro Carta Verde
Se estiver com carro alugado e for cruzar a fronteira, também será necessário fazer o seguro Carta Verde

A fiscalização na fronteira faz questão de examinar muito bem esse documento.

Preciso estar com a Carta Verde a todo momento?

A Carta Verde deverá sempre estar sempre com você no veículo, pois se não tiver na hora de uma fiscalização ou abordagem, poderá ter problemas. A polícia vê a sua placa estrangeira e para o veículo para ver se tem tudo certinho.

Além da carta verde você precisa portar:

  • Carteira de identidade (RG expedido há menos de 10 anos) ou o passaporte;
  • Carteira de motorista;
  • Documentação do veículo;
  • Caso viaje com crianças, precisa ter o documento de viagem para menor.

Qual a validade deste seguro?

A vigência da Carta Verde é válida pelo período que irá ficar no país e até o limite de um ano. Se você for viajar no começo no mês e voltar rapidinho, a seguradora pode emitir o documento só no primeiro dia do mês.

Posso fazer Carta Verde se não possuo seguro do carro?

Sim, você deve solicitar uma cotação e nós podemos te ajudar com isso. Basta estar com os dados do veículo, do proprietário do veículo e o período de viagem.

Se você não tem o seguro do seu carro, ainda assim pode fazer o seguro Carta Verde para os dias que passar no exterior
Se você não tem o seguro do seu carro, ainda assim pode fazer o seguro Carta Verde para os dias que passar no exterior

Se você ainda não tem seguro de carro, veja porque é importante ter essa segurança pra você e para a sua família.

Onde é possível contratar o seguro Carta Verde?

Agora que você já sabe o que é a Carta Verde e qual a sua importância, deve estar se perguntando como contratá-lo.

O contrato deve ser feito considerando as datas de circulação do veículo nos países estrangeiros, sendo que a sua duração máxima é de um ano.

Apesar de ser um processo fácil e que não demora muito tempo, para não atrapalhar a sua viagem é recomendado fazê-lo com antecedência. Isso porque a validação da apólice só acontece depois da confirmação do pagamento.

Além disso, por se tratar de um seguro internacional, a sua cotação sempre considera o valor do dólar americano.

O documento também segue um padrão independentemente do país em que foi contratado. O seguro Carta Verde não deve ser visto como um gasto, pois é essencial para ter conforto e tranquilidade durante a sua viagem, e a sua ausência impede a circulação de qualquer viajante com carro no Uruguai, no Paraguai e na Argentina.

Por isso, já saia do seu ponto de partida com o documento em mãos e se preocupe apenas com os passeios que pretende fazer no país que você está visitando.


Se você pretende fazer alguma viagem a negócios ou a lazer para algum desses países do Mercosul, se programe para ter em mãos o seguro Carta Verde e viajar sem preocupações.

Nossa equipe pode te ajudar rapidamente a contratar a apólice:
Telefone: (45) 3096-4746
Whatsapp: (45) 9 9832-2325
Endereço: Rua Gaspar Dutra 220 – Bairro Maria Luíza – Cascavel – PR

Horários

De segunda à sexta-feira
das 08h00 às 12h00 / 14h00 às 18h00

Nós estamos aqui

Rua Gaspar Dutra 220, Bairro Maria Luíza
Cascavel-PR
Telefone: 45 9 9832-2325
Email: patrick@pscor.com.br